Não Basta ser Fotógrafo, Tem Que Ter Coragem.


É o nosso instinto natural: Se a gente vê um tsunami ou um carro em alta velocidade em nossa direção, corremos. Nós não subimos no topo de um prédio de milhares de metros, ou encaramos um tubarão branco. Nós preferimos olhar as fotos que os corajosos fizeram desses momentos. Mas fotógrafo que é fotógrafo vai atrás de uma bela imagem, “custe o que custar”.*

Onda Mostra | Karine Scarabelli Fotografia

Esta imagem de tirar o fôlego foi capturada segundos antes de este surfista ousado ser tragado por uma onda monstra. A foto espetacular foi feita pelo surfista e fotógrafo Clark Little, que captou a cena incrível na praia Ke Iki, no Havaí. A onda tinha mais de 3 metros de altura, mas, felizmente, o surfista sobreviveu. Esse tipo de onda ocorre quando uma onda atinge águas rasas ao nível da areia. Elas ficam poderosas o suficiente conforme se quebram para arrastar surfistas inocentes e têm sido conhecidas por causar lesões no pescoço e nas costas. Mas Clark não teve medo de pular na água para capturar o incrível poder do oceano na câmera.

Topo do Prédio | Karine Scarabelli Fotografia

Pessoas que gostam de fotografia e emoção podem praticar o “rooftopping” (“topo de prédio”), uma mania fotográfica recente, em que fotógrafos sobem ao topo de arranha-céus para capturar um raro vislumbre do mundo abaixo. O fotógrafo Tom Ryaboi é um dos pioneiros nessa tendência. Ele afirma ter subido mais de 100 edifícios.

Fotojornalista Sem Temor | Karine Scarabelli Fotografia

Esta jovem está sentada sobre seus joelhos em cima de uma estátua grande de metal, em um alto prédio de escritórios em Nova York. Ela chegou a essa estátua através de uma janela no chão do sexagésimo primeiro andar. Ela queria obter uma melhor imagem da cidade. A mulher é Margaret Bourke-White. Ela foi uma das repórteres mais importantes do século XX, mas não escreveu suas histórias, e sim as contou com uma câmera. Uma destemida mulher de grande energia e habilidade, que andou do meio-oeste dos Estados Unidos à União Soviética e a Europa durante a Segunda Guerra Mundial, além de Índia, África do Sul e Coréia. Através de seu trabalho, ela ajudou a criar a arte moderna do fotojornalismo.

Momentos Eternos | Karine Scarabelli Fotografia

Este é um caso de um fotógrafo fotografando outro. As fotos a seguir foram tiradas por Hans van de Vorst da Holanda, no Grand Canyon, Arizona, EUA. Aqui está a descrição: “Olhe atentamente para o fotógrafo. Ele tem uma câmera, um tripé e também um saco de plástico, tudo em seu ombro ou na mão esquerda. Apenas a mão direita está disponível para agarrar a rocha e o peso do seu material é um problema. Ele se abaixa. Tanto a mão direita quanto o pé direito estão escorregando. Naquele exato momento, aproveito e tiro a foto. Em seguida, ele empurra o corpo contra a rocha, aguarda alguns segundos, joga suas coisas em cima da pedra plana, sobe e vai embora, provavelmente para um banheiro para trocar seus shorts”.

Perigo? Não, Diversão! | Karine Scarabelli Fotografia

Esta imagem do tubarão branco foi capturada por Amos Nachoum, um perito subaquático que orienta mergulhadores corajosos em encontros com as grandes criaturas. Nachoum fotografou este predador de 4,2 metros de comprimento de uma pequena distância nas águas costeiras mexicanas de Guadalupe. Apesar da proximidade dos dentes afiados, Nachoum garante que não estava em nenhum perigo.

Oba! Acidente | Karine Scarabelli Fotografia

Vamos dizer que você é um fotógrafo e um carro em alta velocidade vem para cima de você, claramente fora de controle. Se você tem qualquer respeito pela vida, você provavelmente vai correr, ou pelo menos começar a se mover para longe do acidente. Não Andy Wilsheer. Wilsheer aparentemente leva o trabalho mais a sério do que a sua vida. Durante uma corrida em Pomona Raceway, na Califórnia, o Ford Mustang de Steve Gasparrelli começou a cair em direção a uma fila de fotógrafos protegidos apenas por uma pequena barreira temporária. A maioria dos fotógrafos, temendo por suas vidas, correu. Andy encarou a pior das hipóteses e fez algumas fotos incríveis da situação, ganhando o respeito de todos por sua atuação corajosa.

Vertigem | Karine Scarabelli Fotografia

Essa é outra foto do corajoso Tom Ryaboi. Muita gente não chegaria nem na metade do caminho, quem dirá ao topo, com os pés balançando, fazendo pose pra foto.

Escalada Vertiginosa | Karine Scarabelli Fotografia

Com os dentes cerrados e um olhar de pura determinação nos rostos, estes corajosos alpinistas praticam escalada vertiginosa em alturas inimagináveis. Os alpinistas intrépidos são capturados se agarrando precariamente às rochas, numa tentativa de conquistar alguns dos penhascos mais incríveis do mundo. As imagens foram capturadas pelo Mestre das Montanhas, Paul Bride, que arrisca sua vida para tirar as fotos incríveis.

Sem Respeito Pelo Mar? | Karine Scarabelli Fotografia

Todos que conhecem o oceano, sabem que devemos respeitá-lo. Clark Little adora desafiá-lo. Vamos torcer para ele continuar tendo sorte.
*Minha dica: Arrisque, mas faça de forma segura. Uma foto não vale mais que uma vida!
Fonte: http://revoada.net/10-fotografos-corajosos-que-tiraram-fotos-incriveis/
Anúncios

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s